Igrejas e Capelas

Igreja Matriz de

Santa Teresa D'Ávila

<>Ao redor da capela a cidade teve sua origem. Em 1851, por iniciativa do Visconde de Baependy, o Decreto Provincial de 6 de outubro cria o curato sob a invocação de Santa Tereza. A construção da capela se inicia em 1855, à época em que a Vila de Santa Tereza foi elevada à categoria de Freguesia.

 A capela era muito simples. Em 1881, já deteriorada, foi demolida. Antes, em 20 de fevereiro de 1877, ali aconteceu o batizado de Alberto Santos Dumont e sua irmã Sophia.

 Iniciada imediatamente a reconstrução, desta vez um pouco mais recuada, foi inaugurada em 17 de maio de 1887, sob a inspiração do estilo neogótico.

 Grave incêndio, ocorrido em 1896, numa noite de carnaval, destruiu o altar mor, parte do teto e a primitiva imagem da padroeira. Em um ano estava recuperada a igreja.

 A Matriz de Santa Tereza D´Ávila sofreu várias intervenções, mas ainda mantém sua principal característica arquitetônica neogótica, ou seja, enfatiza o Mistério e a imensidão de Deus, inspirada sobretudo no simbolismo da luz, o elemento que, acreditavam os autores do estilo, mais se assemelha ao poder de Deus, iluminando a escuridão da criação. Penetrar no interior desta Igreja é, antes de tudo, aprender a descobrir a magia da luz, sem sentir medo das sombras cortadas pelos raios que perpassam as janelas. É um convite ao silêncio e à oração.

topo ⇧

Igreja de

Nossa Senhora Aparecida

<>Localizada no Distrito de Manoel Duarte, a 11 km da sede, à margem da Rodovia RJ-151. Construída por volta de 1950.

Igreja de

Nossa Senhora das Dores

<>Localizada em Porto das Flores, cruzando-se a ponte sobre o Rio Preto em Manuel Duarte, a 11 km da sede do Município de Rio das Flores.

Igreja de

São José das Taboas

<>Foi fundada no século XIX, em 1869, pelos senhores cafeicultores, através de uma lista de contribuições, sem prévia autorização da autoridade eclesiástica competente. De estilo colonial, a destinação da capela era unicamente para que um capelão, mantido por contribuições dos moradores locais, celebrasse missa aos domingos e feriados, não se podendo ministrar nenhum sacramento sem prévia autorização do vigário da então freguesia de Santa Tereza. Acredita – se que os construtores eram maçons. Todos os santos do altares são de madeira, vindos de Portugal . Uma curiosidade é a imagem de Nossa Senhora sorrindo, na gruta em frente à igreja. Fica localizada no Distrito de Taboas, a 6 km da sede do Município.

Igreja de

São José das Três Ilhas

<>A monumental igreja de São José das Três Ilhas teve o lançamento de sua pedra fundamental no dia 20 de janeiro de 1878. Construída pelos escravos  com enormes blocos de pedra, teve sua primeira missa realizada antes de concluída, a 9 de maio de 1886. Quando já estava próxima de sua conclusão, a abolição da escravatura a 13 de maio de 1888 interrompeu as obras, sendo usados tijolos no trecho final de sustentação do telhado.

A igreja foi construída através de subscrição pública e seu maior benfeitor foi Gabriel Antonio de Barros, Barão de São José Del Rei.

Todos os anos, no segundo fim de semana de julho, na festa do padroeiro, a igreja é palco de apresentações musicais com corais e orquestras durante alguns dias.

A igreja compõe o conjunto de trinta e três imóveis da proncipal rua daquele distrito, inteiramente tombada pelo patrimônio histórico de Minas Gerais.

A vila de São José e a igreja de pedra ficam a 9 quilômetros, em boa estrada de terra, da localidade de Três Ilhas, que fica na estrada RJ-151, a 26 quilômetros da sede do Município de Rio das Flores.

Igreja do

Sagrado Coração de Jesus

<>Localizada no Município de Belmiro Braga, à margem do Rio preto, logo após a ponte situada na localidade de Três Ilhas, a 26 km do centro de Rio das Flores, na estrada RJ-151.

 Construída por volta de 1888 por Joaquim Rodrigues de Aquino Leite, casado com Emilia Bernardino de Barros, sobrinha de José Bernardino de Barros (Barão de Três Ilhas) e Gabriel Antonio de Barros (Barão de São José Del Rei)

Capela de

Sant'Anna

<>Construída em 1876 por Peregrino José da América Pinheiro, o Visconde de Ipiabas, a pequena e bela Capela de Sant'Anna, fica na localidade de Comércio, a 17 km de Taboas em estrada de terra, nas proximidades das propriedades do Visconde naquela época.

Capela de

Santo Expedito

<>Localizada à margem da rodovia RJ-151, na localidade de Santa Rosa, a pequena Capela de Santo Expedito, o santo das causas impossíveis, está disponível aos visitantes. As chaves são encontradas na comunidade onde fica.

Permanece aberta aos sábados e domingos.

Capela de

São Pedro do Abarracamento

<>Localizada à margem da rodovia RJ-151, na localidade de Santa Rosa, a pequena Capela de Santo Expedito, o santo das causas impossíveis, está disponível aos visitantes. As chaves são encontradas na comunidade onde fica.

Permanece aberta aos sábados e domingos.

Capela de

Nossa Senhora do Patrocínio

<>Inaugurada em 1909, a Capela Nossa Senhora do Patrocínio foi construída para os serviços religiosos do Colégio Asilo do Patrocínio.

 A capela fica no distrito de São José das Três Ilhas, município de Belmiro Braga, Minas Gerais. O colégio não existe mais.

 Ali, além dos ofícios próprios do colégio, eram realizados anualmente os retiros espirituais dos homens fazendeiros, agricultores e demais habitantes da região.

Capela de

Nossa Senhora Aparecida

<>A Capela de N.Sra. Aparecida foi construída no final do século XIX, como  pagamento de promessa feita por Lourenço Marques, um ferreiro oriundo da Ilha da Madeira, por ter encontrado água em seu terreno.

 A capela original foi demolida e outra erguida no local. Recentemente passou por mais uma reforma. Todos os anos acontece a festinha da santa.

          A capela fica localizada no alto da ladeira ao lado da antiga estação ferroviária, no primeiro distrito de Rio das Flores.

Rio das Flores - RJ GPS 22°10'06.5"S 43°35'01.5"W

Associação Rioflorense de Turismo

Utilidade Pública - Decreto Legislativo nº 033, de 26/06/2002